A telescola passou esta segunda feira a ser uma realidade para professores e alunos até ao 9º ano, mas revela-se bastante diferente do modelo adotado no século passado. Para além de estar disponível na televisão, a iniciativa #EstudoEmCasa está também integrada no YouTube, numa plataforma online e numa app, ajudando docentes, estudantes e os próprios pais a adaptarem-se ao novo modelo de ensino.

No site #EstudoEmCasa é possível acompanhar em direto as aulas que estão a ser transmitidas no canal RTP Memória, numa plataforma que organiza os conteúdos conforme os anos de escolaridade de cada aluno. Para ajudar os pais, alunos e professores a estarem mais organizados, a plataforma disponibiliza os horários de cada sessão.

Mas, para além da plataforma, a RTP lançou ainda a aplicação #EstudoEmCasa, onde se encontram também disponíveis os conteúdos pedagógicos temáticos da telescola. A app é gratuita e está acessível para Android e iOS.

No início de abril, o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, confirmou o plano de lançar uma telescola, inicialmente sendo apenas referido que os conteúdos iam ser disponibilizados na RTP Memória. Mais recentemente, na semana passada, foi conhecido um novo recurso da iniciativa #EstudoEmCasa, que chega ao YouTube através de cinco novos canais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.