O Twitter adquiriu a TweetDeck por 40 milhões de dólares (cerca de 28 milhões de euros), um preço que coloca a rede social na titularidade da empresa que criou aquela que é, provavelmente, uma das mais populares aplicações para aceder ao seu serviço de microblogs.

A concretização do negócio, que deverá envolver a transacção de dinheiro e acções, é hoje avançada por vários meios internacionais. Embora ainda não tenha sido oficialmente confirmada pelas empresas, vem concretizar os rumores que começaram a correr no início do ano.

O interesse do Twitter terá sido manifestado depois de a UberMedia ter entrado em negociações para comprar a TweetDeck por um valor entre os 25 e os 30 milhões de dólares, relatava os meios especializados. O Twitter terá conseguido fechar negócio ao subir a parada para os 40 milhões.

"O Twitter não podia continuar a deixar startups relacionadas com o seu serviço irem parar às mãos de outras companhias", escreve o TechCrunch, que tem acompanhado a história com particular cuidado. O editor do blog, Michael Arrington, escrevia no início do mês que uma fonte próxima do serviço de microblogs revelara que a aquisição por parte da UberMedia dar-lhes-ia demasiada influência sobre o Twitter.

A notícia surge na mesma altura em que o Twitter acrescenta uma nova funcionalidade ao seu serviço. Os utilizadores da rede de microblogs vão passar a receber no email notificações quando alguém partilha uma mensagem publicada por si (faz retweet) ou a coloca entre as suas favoritas.

Até à data os membros do serviço apenas eram notificados através do correio electrónico quando ganhavam um novo seguidor ou lhes eram enviadas mensagens directas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.