Embora Donald Trump continue a recusar os resultados das eleições presidenciais, o Twitter e o Facebook vão passar o controlo da conta @POTUS (President of the United States) para Joe Biden no dia 20 de janeiro de 2021, data em que o presidente eleito tomará posse.

Em comunicado à Reuters, o Twitter deu a conhecer que se está a “preparar ativamente para apoiar a transferência das contas institucionais da Casa Branca”, da mesma forma que o fez em 2017, aquando da tomada de posse do Governo de Donald Trump.

“Em 2017, trabalhamos simultaneamente com a Administração Obama e Trump para assegurar que a transição para as páginas de Facebook e Instagram decorresse da melhor forma possível a 20 de janeiro e esperamos fazer o mesmo”, afirmou a empresa liderada por Mark Zuckerberg à agência noticiosa.

No dia da tomada de posse, ambas as redes sociais vão também transferir as contas @VP (Vice President) e @FLOTUS (First Lady of the United States), de Mike Pence e Melania Trump para Kamala Harris e Jill Biden.

Embora a passagem não requeira nenhum tipo de partilha de informação entre as equipas de ambas Administrações, o Twitter vai reunir-se com colaboradores de Joe Biden e Kamala Harris, e os responsáveis pela transição vão decidir como será usada a conta oficial da Casa Branca (@whitehouse).

Recorde-se que apesar de ter acesso à conta @POTUS no Twitter, Donald Trump preferia usar a sua conta pessoal (@realDonaldTrump) para comunicar com os seus seguidores e múltiplas das suas publicações têm vindo a ser assinaladas pela rede social de Jack Dorsey como informação falsa ou enganadora.

Donald Trump despede responsável de cibersegurança que assegurou que não houve fraude nas eleições presidenciais
Donald Trump despede responsável de cibersegurança que assegurou que não houve fraude nas eleições presidenciais
Ver artigo

Recentemente, aquando da demissão de Christopher Krebs, responsável pela Cybersecurity and Infrastructure Security Agency (CISA) desde 2018, através do Twitter, as publicações do presidente cessante, que alegavam a existência de fraude na contagem dos votos, foram  assinaladas pelo Twitter como informação potencialmente enganadora.

O final do mandato de Donald Trump significa também que os seus privilégios enquanto “Lider Mundial” no Twitter vão chegar ao fim assim que Joe Biden tomar posse. A rede social confirmou que a sua conta pessoal terá de seguir as mesmas regras do que os restantes utilizadores, incluindo a possibilidade de ser expulso por mensagens que incentivem a violência e que forneçam informação falsa.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.