Já há acordo político para a aprovação formal do Centro de Competências e da Rede para a Cibersegurança europeu (Cybersecurity Competence Centre and Network), uma estrutura regional que vai canalizar fundos e esforços de investigação para reforçar as capacidade europeias na área da segurança digital.

Bucareste foi a cidade escolhida para acolher o novo centro. A decisão deve ser adotada formalmente pelo Parlamento e pelo Conselho Europeu em janeiro do próximo ano e posta em marcha a seguir pela Comissão Europeia, ainda durante a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia.

A iniciativa pretende contribuir para melhor e dar robustez à capacidade tecnológica da região na área da cibersegurança, tanto no que se refere à tecnologia como a nível industrial, contribuindo para criar um ambiente online mais seguro para empresas e cidadãos.

O Centro de Competências vai articular esforços com uma rede de centros de coordenação nacional, com os vários Estados-membros e com a indústria e contará com financiamento do programa Digital Europe e Horizonte, no próximo pacote de financiamento.

Antes de ser formalmente adotado pelos organismos oficiais que na última sexta-feira alcançaram o acordo, a iniciativa ainda será confirmada pelos vários países no Comité de Representantes Permanentes dos Governos dos Estados-membros da União Europeia (Coreper), agendado para o próximo dia 18 de dezembro.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.