Produtos como o iPod, o iPad e o iPhone sempre fizeram os fãs da Apple (e não só) olhar para Steve Jobs como um visionário e o principal impulsionador do sucesso da marca. No ranking deste ano da Fast Company, e mesmo sem o seu fundador, a Apple foi considerada a segunda empresa mais inovadora do mundo, uma subida de 12 posições em relação ao ano anterior.

À frente da marca da maçã está apenas a Warby Parker, uma fabricante de óculos que, segundo a Fast Company, merece a distinção "por construir a primeira grande marca na Internet". No caso da Apple, novas funcionalidades relacionadas com o iOS8, o TouchID e ainda a chegada do HealthKit e do HomeKit foram argumentos suficientes para a fazer descolar do 14º para o 2º posto na lista.

"Muitas das principais conquistas das empresas não são realçadas pelos seus aspetos técnicos. Isso deve-se ao facto de se basearem em refinamentos subtis de softwares que tornam o hardware existente em produtos muito mais úteis", pode ler-se na página da empresa de Tim Cook.

Um pouco mais atrás na classificação está a Google, em quarto lugar, devido não só à criação e desenvolvimento dos Chromebooks como também ao domínio que detém atualmente no mundo dos smartphones - com a quota de 83% do Androis, de acordo com dados do terceiro trimestre de 2014. O Instagram, em quinto, e o Slack, em décimo lugar, são as restantes tecnológicas no top-10.

Veja aqui as 25 primeiras classificadas, bem como outras empresas importantes no resto do top, como a Samsung, a Kickstarter e o Netflix:


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.