Se está à espera que a Google lance um smartwatch, talvez seja melhor puxar uma cadeira. De acordo com o portal Tom's Guide, a empresa não vai estrear um wearable este ano, pelo que o Pixel Watch deverá ficar na gaveta durante mais uns meses.

Muitos esperavam que o relógio fosse anunciado em outubro, a par dos novos smartphones da empresa norte-americana, mas uma entrevista dada por Miles Barr acabou por fazer dissipar a esperança. Segundo o diretor de engenharia para o Wear OS, a Google ainda não conseguiu criar uma proposta satisfatória neste campo.

Google pode estrear-se no segmento dos wearables com os seus próprios smartwatches
Google pode estrear-se no segmento dos wearables com os seus próprios smartwatches
Ver artigo

Recorde-se que Evan Blass, popular e fiável leaker do universo tecnológico, anúncio em maio que o relógio seria lançado em 2018.

Barr adiantou ainda que a Google tem estado a investir os seus esforços nas relações que mantém com algumas fabricantes do sector. Esta semana, na IFA, vários desses parceiros mostraram novos relógios inteligentes.

Apesar de a gigante não ter planos para lançar o relógio este ano, a Google apostou fortemente na revitalização do Wear OS e da app Google Fit. Adicionalmente, a Qualcomm deverá apresentar um novo processador para wearables já no próximo mês, o que deverá estimular a Google a acelerar processos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.