No quarto trimestre de 2018, a Receita Total da Altice Portugal voltou a crescer face ao trimestre anterior, tendo registado uma subida de 0,2% para 526 milhões. Os principais motivos apontados pela empresa foram os níveis de angariação mais elevados, a melhoria na taxa de desligamento e o incremento no ARPU dos novos clientes. Em termos homólogos de 2017, o valor representa uma descida de 0,1%.

Em comunicado de imprensa, a empresa informa que as Receitas Combinadas provenientes dos negócios fixo e móvel dos Segmentos Consumo, Empresarial e Grossista cresceram 0,7% no quarto trimestre, em termos homólogos.

O Investimento (Capex) realizado no último trimestre foi de 120 milhões de euros, o que reflete, segundo a Altice Portugal, uma aposta nas redes single-RAN e Mobile Core, e na manutenção das políticas comerciais de aquisição de novos clientes.

O EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da Altice Portugal fixou-se nos 199 milhões de euros, representando um decréscimo de 13,8% em termos homólogos. A descida é reflexo da perda de margem bruta, especialmente no Segmento Empresarial, e incremento dos custos operacionais de angariação, de marketing e de rede.

A Altice Portugal considera que o acelerado investimento na expansão da cobertura do país por fibra ótica contribuiu para que tenha alcançado o quinto trimestre consecutivo de crescimento da sua base de clientes fixos no Segmento Consumo. São agora mais de 4,49 milhões de casas passadas com fibra, uma subida de 120 mil face ao quarto trimestre de 2018. O objetivo passa por cobrir o país com fibra até um total de 5,3 milhões de casas.

A infraestrutura de rede móvel atingiu a cobertura de 98,3% no 4G e de 74,6% no 4G+ em termos populacionais no final de 2018. Durante o mesmo ano, a Altice Portugal finalizou o projeto de modernização da rede móvel single-RAN, suportando o incremento global de clientes ligados e de tráfego de dados em 4G, com resultados e impacto positivos nos respetivos indicadores de rede móvel.

Um dos próximos objetivos da Altice Portugal passa pelo "rejuvenescimento de quadros". Segundo Alexandre Fonseca, a empresa estará em condições de "nas próximas semanas incorporar 50 novos colaboradores", sendo a expectativa "chegar aos 200 colaboradores, que vão integrar os quadros da Altice este ano". Recordamos que em janeiro a empresa lançou um programa de saídas voluntárias, que terminou com a saída de perto de mil trabalhadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.