Entre março e junho a gigante do comércio eletrónico faturou 23,2 mil milhões de dólares, valor que traduz um crescimento de 20% face aos três meses anteriores.

As previsões dos analistas apontavam para prejuízos e queda de receitas no trimestre em análise, uma estimativa que acabou por não se cumprir, graças aos serviços empresariais da empresa na área da cloud, que cresceram 81% para atingir vendas de 1,82 mil milhões de dólares.

A empresa liderada por Jeff Bezos também garante que o crescimento do número de clientes no serviço Prime contribuiu positivamente para os resultados.

No trimestre permitiu que o lucro da Amazon no mercado norte-americano duplicasse, para 703 milhões de dólares, ajudando a Amazon a ultrapassar a Walmart e a transformar-se na maior loja de retalho dos Estados Unidos.

Com a valorização das ações depois de serem conhecidos os resultados a empresa passou a valer 267 mil milhões de dólares, 32 mil milhões a mais que a concorrente.

Para o terceiro trimestre do ano, a Amazon espera receitas entre os 23,3 e os 25,5 mil milhões de dólares.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.