A AMD apresentou queixa num tribunal norte-americano contra quatro antigos empregados pelo alegado roubo de cem mil ficheiros com informações confidenciais. Atualmente os indivíduos acusados trabalham todos na rival Nvidia.

Entre os supostos ladrões encontra-se um antigo vice-presidente da área de desenvolvimento estratégico, Robert Feldstein, que teve um papel ativo na construção de chips para a Xbox 360 e Nintendo Wii.

Supostamente Robert Feldstein e os gestores Manoo Desai, Richard Hagen e Nicolas Kociuk, os outros três acusados, copiaram para periféricos USB mais de cem mil ficheiros que continham "materiais secretos relacionados com o desenvolvimento de tecnologias", pode ler-se na queixa apresentada no tribunal distrital de Massachusetts.

A multinacional de semicondutores diz ter provas forenses em como alguns dispositivos de armazenamento externo da empresa foram usados pelo antigo vice-presidente dias antes de abandonar a AMD por troca com a Nvidia. Um dos gestores também terá feito pesquisas online sobre como copiar e apagar grandes quantidades de ficheiros, revela o ZDNet.

Na perspetiva da AMD os quatro empregados também estão a violar os acordos estabelecidos entre as partes no momento da contratação. "Vamos sempre tomar medidas determinadas para proteger as informações confidenciais, as propriedades e os segredos de comércio", revelou um porta-voz da empresa norte-americana.

Os advogados da AMD procuram uma compensação económica pelos danos causados diretamente pelo roubo de informação e pelos danos que podem vir a ser causados com o uso da mesma.

Para já a fabricante de chips também pediu uma providência cautelar para os computadores e equipamentos dos acusados de forma a que as possíveis fugas de informação possam ainda estar contidas nos dispositivos.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.