Na apresentação de resultados do terceiro trimestre fiscal de 2013, correspondente ao período compreendido entre abril e junho, a Apple deixou uma sensação mista nos investidores, seguidores e utilizadores dos produtos da marca da maçã: existe saúde financeira, mas os tempos já foram mais favoráveis.

Em quase toda a linha de equipamentos a marca da maçã assistiu a um declínio das vendas. Os resultados mais significativos tiveram origem no iPad, cujas vendas baixaram 2,4 milhões de unidades no espaço de um ano, para as 14,6 milhões de unidades vendidas. Em comparação com o segundo trimestre fiscal de 2013, a queda é ainda mais acentuada dados os 19,5 milhões de iPad vendidos entre janeiro e março.

Os computadores Mac também tiveram um desempenho negativo em comparação com o terceiro trimestre fiscal de 2012 e diminuíram em 200 mil unidades as vendas mundiais. As vendas do iPod, que nem merecem referência no comunicado dos resultados, tombaram 32% para os 4,6 milhões de unidades.

O iPhone foi o único equipamento que conseguiu salvar a honra do convento da tecnológica de Cupertino. Com 31,2 milhões de unidades vendidas, mais 5,2 milhões de unidades do que em igual período do ano passado, o smartphone da Apple teve o melhor trimestre de sempre e ajudou a equilibrar as perdas registadas nos outros sectores.

Todos os factores contribuíram para uma queda nos lucros da empresa de 8,8 mil milhões de dólares para os 6,9 mil milhões de dólares. As receitas, ainda assim, conseguiram subir ligeiramente em comparação com o período homólogo do ano passado ao totalizarem os 35,3 mil milhões de dólares.

iPhone mais barato e de plástico? Mais devagar

Em jeito de resposta às previsões dos analistas que dizem que os smartphones topo de gama estão a perder margem de manobra no mercado, o diretor executivo da Apple, Tim Cook, veio defender a ideia de que os dispositivos de gama alta ainda têm muita margem de progressão - numa referência clara ao desempenho que o iPhone ainda pode ter -, sobretudo no mercado empresarial.

Desta forma o CEO parece resfriar as ideias de que a Apple vai apresentar um smartphone low-cost em setembro, construído maioritariamente em plástico. Mas olhando para o número de componentes que têm surgido na Internet, parece cada vez mais um cenário a realizar-se do que uma utopia tecnológica. Tim Cook disse ainda que a Apple está a preparar um final de ano movimentado.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.