A Bright Pixel anunciou que reforçou a sua presença a nível internacional com a participação na ronda de cerca de 1,8M€ na Habit Analytics, uma startup norte-americana que desenvolve soluções no espaço da Internet of Things.

O negócio assinala a estreia do venture builder studio português nos Estados Unidos da América, sendo igualmente o seu segundo maior investimento numa startup. A intenção foi reforçar a aposta nas tecnologias emergentes. “Acreditamos que estas tecnologias emergentes, como é o caso da IoT e da inteligência artificial, serão fulcrais para múltiplos setores de atividade, acabando por intersetar com as nossas principais áreas de atuação, como o retalho e telecomunicações, por exemplo”, explica Alexandre Santos, cofundador e responsável por investimentos da Bright Pixel, citado num comunicado enviado às redações.

O venture builder studio expande desta forma a sua presença fora de Portugal, quando já no seu portefólio startups da Polónia e França, na área do retalho, e uma parceria com o programa de aceleração vertical espanhol EGI Booster.

Sobre a Habit Analytics, a Bright Pixel refere que a startup está sediada em Nova Iorque, mas tem a sua equipa de desenvolvimento em Portugal. Entre os clientes conta já com nomes como a Allianz e a Vodafone.

Foi oficialmente criada em 2016, depois do seu fundador Domingos Bruges ter decidido dar uma outra perspetiva ao seu anterior negócio – a portuguesa Muzzley, uma aplicação mobile para consumidores que permitia, por exemplo, automatizar a casa (smart home). A startupHabit Analytics nasce da expansão desta solução para o segmento B2B, com especial foco no setor das seguradoras, telecomunicações e retalho, que se deu no seguimento do programa de aceleração do Techstars, nos EUA.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.