A Comissão Europeia lançou hoje uma parceria público-privada (PPP) no domínio da robótica, mercado que vale actualmente 15.500 milhões de euros por ano e que em 2020 poderá mesmo atingir um volume anual de mais de 100.000 milhões. A iniciativa envolve a indústria e universidades europeias.

Para o arranque da parceria, previsto para 2013, foi já assinado um memorando de entendimento entre a Vice-Presidente da Comissão Europeia, Neelie Kroes, e os representantes dos fabricantes europeus de robôs e institutos de investigação. Os parceiros privados (das universidades e das empresas) vão agora preparar a proposta, que será submetida à apreciação da Comissão para aprovação formal.

Esta parceria público-privada pretende ajudar as empresas europeias especializadas em robótica a reforçarem a sua posição no mercado mundial da área, onde já detêm cerca de um quarto da produção mundial de robôs industriais e uma quota de mercado de 50% na robótica para serviços profissionais.

Nos próximos anos, prevê-se ainda que o mercado de robôs para uso doméstico e profissional cresça 40%, com destaque para as aplicações no domínio do salvamento, da segurança e da limpeza profissional.

Nos últimos cinco anos a Comissão Europeia financiou mais de 120 projetos de investigação no domínio da robótica, investido cerca de 600 milhões de euros nesta área.

"Um setor da robótica forte é fundamental para a futura competitividade da Europa. O crescimento desse setor traduz-se na criação de novos empregos e fortalece o setor europeu do fabrico.", refere Neelie Kroes.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.