A Google escapou sem multa do processo de investigação que decorria nos Estados Unidos, mas na Europa a investigação ainda continua e não está concluída, garantiu hoje à Reuters uma fonte do executivo europeu.

Apesar do regulador da concorrência norte-americano não ter encontrado provas de violação da concorrência por parte da gigante da Internet e ter aceite as medidas de correção propostas, a Comissão Europeia vai continuar a investigação sobre as práticas da Google na pesquisa e o seu eventual domínio no mercado móvel, não sendo este processo afetado pela decisão tomada do outro lado do Atlântico.

A Google fez algumas cedências no caso do processo que decorria nos Estados Unidos, e avançou já também com algumas propostas de correção na Europa, mas pode não conseguir evitar aqui uma multa, até porque as autoridades europeias já provaram por várias vezes ser mais rígidas nas questões relacionadas com a privacidade e a concorrência do que as congéneres norte-americanas.

A investigação que decorre na Europa há quase dois anos debruça-se sobre os mesmos temas, como a possibilidade da Google valorizar artificialmente os resultados das pesquisas sobre os seus serviços, e o domínio na publicidade do AdWords.

A gigante da Internet deverá continuar a dar resposta Às questões levantadas pelo executivo europeu, mas enfrenta uma multa que pode chegar aos 4 mil milhões de dólares se não for alcançado um acordo.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.