A Comissão Europeia tem a decorrer online uma consulta através da qual pretende identificar as oportunidades e desafios na área das compras electrónicas públicas, ou eProcurement. Segundo o executivo europeu, será com base nos resultados desta consulta que se irá desenvolver o futuro plano de acção para aquela área.



"Apelo a todas as empresas com interesse no sector das compras públicas que participem nesta consulta", pede Frits Bolkestein, comissário europeu do mercado interno. "Queremos conhecer os pontos de vista e a experiência daqueles que concorrem aos contratos públicos para que possamos assegurar que as novas directivas sejam implementadas de forma a que fomentem todo o potencial do eProcurement", justifica o mesmo responsável.



As compras públicas electrónicas são consideradas pela Comissão uma área chave onde se podem criar novas oportunidades e registar ganhos elevados para o sector empresarial. "Usando as tecnologias da informação de forma apropriada podemos contribuir para reduzir custos, melhorar o nível de eficiência e remover os obstáculos ao comércio, o que no final acabará por resultar na poupança para os contribuintes", refere a CE no comunicado onde divulga o lançamento da consulta pública.



O plano de modernização do sector das compras públicas na UE foi iniciado com a adopção, em Fevereiro deste ano, de um pacote de directivas que fornecem o quadro legal destinado a impulsionar a utilização do eProcurement. Em breve, e com base nos resultados da consulta pública agora iniciada, será desenvolvido o plano de acção que estabelecerá os objectivos e metas a alcançar entre os Estados-membros naquele sector.



Notícias Relacionadas:

2004-08-05 - Processos aquisitivos na Administração Pública pouco favoráveis à inovação

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.