A EDP enviou à CMVM um comunicado onde esclarece ter sido contactada pela Sonaecom para levar a cabo uma operação de roll-up, que pressupunha a concentração no grupo liderado por Paulo Azevedo da totalidade do capital da Optimus controlado pela Thorn Finance, sobre o qual a EDP tem direito de preferência.



A comunicação feita a pedido do órgão regulador do mercado, na sequência de notícias hoje publicadas pela imprensa que davam conta do interesse da EDP em abandonar a posição na Optimus e revela que o contacto da Sonaecom foi levado a cabo "no passado" e acrescenta que desde então não foi possível estabelecer qualquer acordo com a administração da empresa de telecomunicações.



"A EDP foi contactada no passado pela Sonaecom, SGPS, S.A., accionista maioritária da Optimus, manifestando esta a sua disponibilidade para efectuar uma operação de roll-up tendente a concentrar na Sonaecom as acções da Optimus controladas pela Thorn Finance", explica o comunicado.



O documento acrescenta que "embora não se tenha mostrado possível até à presente data chegar a um entendimento que permita a realização de uma tal operação, a Comissão Executiva da EDP encontra-se devidamente mandatada pelo respectivo Conselho de Administração para analisar e actuar face a uma eventual proposta ou notificação que possa vir a receber a este respeito".



Recorde-se que em 2002 a EDP alienou a totalidade do capital da OPTEP, entidade que detinha uma posição de 25,7 por cento na Optimus, à empresa de direito luxemburgês Thorn Finance mantendo os direitos de preferência numa eventual venda desta posição.


Notícias Relacionadas:

2002-03-26 - EDP vende participação de 25 por cento na Optimus

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.