Uma pequena percentagem de 2,8 por cento foi quanto bastou, segundo declarações de responsáveis da Hewlett-Packard à agência de notícias Reuters, para que a fusão com a Compaq fosse aprovada. O maior negócio de sempre do sector da tecnologias de informação deverá estar concluído dentro de duas semanas, todavia Walter Hewlett, filho de um dos fundadores da empresa, fez já saber que irá contestar a contagem preliminar e pedir uma nova votação.



O anúncio da aprovação surge a menos de uma semana do começo do julgamento que irá determinar se a HP teve uma acção coersiva ou comprou votos a favor da fusão, uma acusação de Walter Hewlett. Entre os implicados está o Deutsche Bank Asset Management, e os seus 17 milhões de votos - cada um dos votos equivalente a uma acção - favoráveis ao negócio, que nega em conjunto com a HP qualquer envolvimento nos procedimentos referidos. De salientar porém que mesmo que estes votos fossem contra a fusão o resultado continuaria a favorável às intenções da HP.



Apesar dos números serem ainda preliminares, a HP afirmou já que os votos que falta contar – que se supõe ser um milhão – não terão qualquer impacto no resultado entretanto apresentado. De referir que apenas 45 milhões de votos separam as partes a favor e contra a fusão, que alcançaram 837,9 milhões e 792,6 milhões de votos, respectivamente.



Mesmo que Walter Hewlett não obtenha resultados neste processo judicial, fontes próximas do ex-membro da direcção revelaram já que os accionistas que estão contra a fusão vão pedir um embargo de modo a impedir a concretização do negócio até ao julgamento estar finalizado. Segundo a HP uma recontagem significa que as partes envolvidas terão de se enfrentar num processo denominado "snake pit" que demoraria pouco mais de uma semana.



Perante a possibilidade do processo de Walter Hewlett impedir a conclusão da fusão, a HP responde que não foi accionado qualquer mecanismo para atrasar o desfecho, por enquanto inevitável, da votação.



Notícias Relacionadas:

2002-03-21 - Accionistas da Compaq aprovam fusão com HP

2002-03-20 - Sim à fusão entre HP e Compaq vence primeira fase por margem mínima

2002-03-06 - Institutional Shareholder Services aconselha accionistas a aprovar fusão entre a HP e a Compaq

2002-02-06 - Processo de fusão entre HP e Compaq pode estar concluído em Março

2002-01-28 - HP afirma que a maioria dos seus funcionários apoia fusão com a Compaq

2002-01-25 - Comissão Europeia mantém negociações com a HP para aprovação da fusão com a Compaq

2002-01-09 - Carly Fiorina defende plano de fusão entre a Hewlett-Packard e a Compaq

2001-12-17 - Oposição a acordo entre HP e a Compaq cresce

2001-11-16 - Processo de fusão entre Hewlett-Packard e Compaq poderá atrasar-se

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.