O rumor foi avançado pela DigitalTrends, que cita fontes da empresa. De acordo com esta informação, as negociações entre as duas companhias terão começado há cerca de quatro ou cinco semanas e o principal ponto de discórdia tem sido o valor do negócio.



Os donos da WhatsApp, um serviço de messaging multiplataforma, têm-se batido por valores superiores àqueles que a Google tem apresentado, tentando valorizar o seu ativo que é hoje a segunda app paga mais popular da App Store.



Números divulgados pela empresa no final do ano passado indicavam que na noite de fim-de-ano o serviço foi usado para troca de 18 mil milhões de mensagens. Outro dado agora avançados pelo DigitalTrends estima que a empresa terá uma faturação anual na ordem dos 100 milhões de dólares.




Os rumores que apontam para a existência de negociações entre a Google e a WhatsApp surgiram depois de outras informações darem também conta de que a empresa de Internet está a trabalhar num novo serviço de mensagens que vai designar-se Babble, e que já terá começado a aparecer em algumas contas do Gmail. Associa-se agora que o interesse da Google na WhatsApp esteja relacionado com a aposta que a empresa quer fazer nesta área das mensagens.




O modelo de negócio da WhatsApp prevê uma subscrição anual do serviço no valor de 0,99 dólares. Só no iOS a subscrição é diferente (o download da app é paga e a utilização gratuita) mas a intenção da empresa é alterá-la e uniformizar o modelo de negócio nas várias plataformas móveis.



Nota de redação: Os responsáveis do WhatsApp desmentiram entretanto as negociações com a Google.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.