Em 2015 Portugal fez-se representar na CeBIT com uma das maiores delegações de sempre. Estiveram em Hanover 25 empresas nacionais, num ano que ficou marcado pela estreia da Portugal Venturesno evento. Consigo a capital de risco levou oito participadas: Aptoide, Bparts, C-Side, Jscrambler, Liquid, Streambolico, Wizdee e Xchockware. Em 2016 a Portugal Ventures não volta a Hanover e nenhuma das empresas que a acompanharam no ano passado decidiu repetir a experiência. Em vez disso vão lá estar Aveidigital (uma presença assídua no certame), Cleverti, Glexyz, Poosh e Serfarma.

Em declarações ao TeK, a Portugal Ventures explica que a participação na CeBIT em 2015 “resultou da manifestação de interesse das nossas participadas”. Também acrescenta que “para 2016 e anos seguintes, a participação internacional em eventos de grande visibilidade vai ser incrementada de acordo com estratégia definida no âmbito do Programa Startup Portugal”. O programa em questão foi recentemente apresentado pelo Primeiro Ministro António Costa.

Mas nem só a ausência da Portugal Ventures explica a fraca representatividade nacional no certame. Em 2014, sem Portugal Ventures, tinham estado na feira 13 empresas nacionais, um número quase três vezes superior ao deste ano. Os custos associados à participação no evento e o número cada vez maior de feiras especializadas também justificam as diferenças de números entre edições.

A SDILAB esteve em Hanover nos três últimos anos e tem feito um balanço positivo da participação, mas este ano não vai à feira. Paulo Sousa, do gabinete de comunicação do grupo José Pimenta Marques, que detém a empresa, explica ao TeK que a companhia em 2016 decidiu apostar em eventos mais direcionados para os sectores onde está presente. Já esteve numa feira na Alemanha e noutra em Paris este ano e está a preparar a presença em mais dois eventos, em Espanha e na China. Paulo Sousa frisa que a decisão de não estar na CeBIT este ano não significa que a empresa não possa regressar a Hanover nos anos seguintes, onde além de mostrar soluções valoriza a oportunidade de ver de perto as novas tendências dos mercados que mais lhe interessam.

A edição de 2016 da CeBIT arranca a 14 de março e prolonga-se até dia 18. A transformação digital é o grande destaque de um evento que está sobretudo orientado para o mercado empresarial. 

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.