Embora tenha sido o magnata Elon Musk a “imaginar” o meio de transporte baseado em Hyperloop, o conceito fez explodir a corrida pela tecnologia, onde entraram a Virgin e a Hyperloop Transportation Technologies da JumpStarter. É exatamente a HTT que poderá ser a primeira a lançar o seu sistema, construído na província chinesa de Guizhou, numa localidade chamada Tongren.

A HTT assinou um acordo com as autoridades chinesas para construir um circuito inicial de 10 quilómetros, avança o Engadget, uma distância que teoricamente não permite atingir a velocidade projetada pela tecnologia. Tendo em conta que as empresas estrangeiras não são, por norma, autorizadas a operar na China, a HTT formou um consórcio local, em que a empresa ficará responsável pela tecnologia, o design do equipamento e a especialização da engenharia; a empresa chinesa irá certificar o circuito, os regulamentos e a construção da infraestrutura do transporte, num financiamento repartido entre as partes.

Virgin Hyperloop One pode vir a "traçar" uma nova rota da seda
Virgin Hyperloop One pode vir a "traçar" uma nova rota da seda
Ver artigo

A região chinesa alberga a chamada Guiyang Economic and Technological Development Zone, uma espécie de Silicon Valley chinesa para atrair companhias de tecnologia. Diversas tecnológicas já se instalaram, tais como a Microsoft, Tencent, Huawei, Alibaba e Qualcomm.

A HTT espera que este arranque do Hyperloop seja auspicioso e se tudo correr bem, a rede poderá expandir-se por outras regiões da China, uma oportunidade de negócio imperdível, como permitirá testar e aperfeiçoar a tecnologia em ambiente real.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.