IBM, Microsoft, Sun e Compaq deram recentemente a conhecer os resultados financeiros do trimestre findo a 31 de Março, que poucas surpresas trouxeram ao mercado, embora haja no grupo quem tenha superado ou ficado aquém das expectativas.



Afirmando na altura em que apresentava os seus resultados financeiros que as empresas têm gasto menos em equipamentos informáticos e serviços, a IBM revelou uma queda de 31 por cento nos ganhos durante o seu terceiro trimestre fiscal, resultados que estão de acordo com as baixas previsões apresentadas pela empresa na semana passada.



A IBM obteve um lucro de 1,19 mil milhões de dólares (1,34 mil milhões de euros) no trimestre terminado a 31 de Março, quando há um ano atrás o valor tinha atingido os 1,75 mil milhões de dólares (1,96 mil milhões de euros). As receitas sofreram uma queda de 12 por cento, passando dos 21 mil milhões de dólares observados em igual período do ano passado para os 18,6 mil milhões registados agora.



Na origem dos resultados parecem estar as fracas vendas dos poderosos sistemas informáticos que a IBM vende às empresas e nos componentes que vende a outros fabricantes.



Já a Microsoft revelou um aumento de lucro de aproximadamente 12 por cento durante o seu terceiro trimestre fiscal, mas os resultados positivos ficaram aquém das expectativas de Wall Street.



O director financeiro da Microsoft, John Connors, afirmou estar no geral satisfeito com os resultados obtidos no trimestre, especialmente tendo em conta a actual situação da economia e as vendas fracas na área dos computadores pessoais.



No trimestre findo a 31 de Março, a Microsoft registou receitas liquidas de 2,74 mil milhões de dólares 3,08 milhões de euros), comparativamente aos 2,45 mil milhões de dólares (2,75 milhões de euros) de um ano antes. As receitas aumentaram 13,2 por cento face ao mesmo príodo do ano anterior, alcançando os 7,25 mil milhões de dólares (8,16 milhões de euros).



Sem apresentarem números, os responsáveis da Microsoft acrescentaram ainda que as vendas do sistema operativo Windows XP vão bem. Já no que diz respeito à consola Xbox, embora afirmem que as vendas nos Estados Unidos estão de acordo com o previsto, na Europa e no Japão confessaram que estão abaixo das expectativas. Recorde-se que no dia anterior à apresentação de resultados, a empresa de Bill Gates tinha reduzido o preço da sua consola de jogos para o mercado europeu (ver Notícias Relacionadas).



Revendo em baixa as suas previsões de vendas, a Micrsoft diz agora esperar comercializar entre 3,5 milhões a 4 milhões de Xbox no mundo inteiro até 30 de Junho, altura em que termina o seu ano fiscal, em vez das 4,5 milhões a 6 milhões previstas anteriormente.



A Sun Microsystems teve o quarto trimestre consecutivo de perdas financeiras, mas prevê retornar ao lucro durante o trimestre que agora decorre e que termina a 30 de Junho próximo.



No período entre Janeiro e Março de 2002, a Sun registou prejuízos de 37 milhões de dólares (41,6 milhões de euros), comparativamente a um lucro de 136 milhões (153 milhões de euros)observado durante igual período do ano passado.



Preparando-se para em breve ser integrada na Hewlett-Packard, a Compaq chegou ao lucro durante o primeiro trimestre de 2002, conseguindo um resultado ligeiramente superior ao esperado por Wall Street.



A empresa diz ter registado lucros de 44 milhões de dólares (49,5 milhões de euros), comparativamente às perdas de 131 milhões (147,4 milhões de euros), no primeiro trimestre de 2001. Excluindo as despesas relacionadas com a processo de fusão com a HP, a empresa ganhou 4 cêntimos de dólar por acção.



A concretização do negócio de fusão entre a Compaq e a HP poderá estar para breve depois do mesmo ter sido aprovado pelos accionistas da HP, segundo indicam os resultados oficiais preliminares da votação, revelados recentemente.



Notícias Relacionadas:

2002-04-18 - Xbox vai custar menos 40% a partir de 26 de Abril
2002-04-17 - Fusão entre HP e Compaq aprovada por margem mínima de 2,8 por cento

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.