A Intel avançou ontem com uma revisão em baixa das estimativas de resultados para o terceiro trimestre do ano. Assim, enquanto as previsões anteriores apontavam para vendas entre os 8,3 e os 9,2 mil milhões de dólares, as novas estimativas prevêem que nos três meses entre Agosto e Setembro a fabricante de chips se situe no intervalo entre os 8,3 e os 8,6 mil milhões de dólares. A margem bruta deverá fixar-se nos 58 por cento, contra uma previsão anterior de 60 por cento.



Em comunicado, a Intel admitiu que a procura não está a atingir os níveis previstos pela empresa, embora sublinhe que o terceiro trimestre é tipicamente bom por coincidir com o regresso às aulas. A empresa avançou mesmo com uma redução de preços em alguns equipamentos que não estará a sortir os efeitos desejados.



Para os analistas a revisão em baixa das estimativas de resultados da Intel, pela primeira vez nos últimos dois anos, reflecte uma oferta cara e com forte componente tecnológica que não tem ido de encontro às necessidades do mercado, refere a CNN Money.



Recorde-se que ao longo deste ano a actividade da Intel tem ficado marcada por vários atrasos nas datas de lançamento inicialmente previstas para vários produtos: Pentium M, Pentium 4 a 4GHz, etc. Há cerca de um mês a administração divulgou mesmo uma mensagem aos funcionários apelando à necessidade de recuperar o terreno perdido.



Para 2005 encabeçam o road map da fabricante o lançamento da primeira linha de produtos baseada em tecnologia de 65 manómetros, um processo de fabrico que permite duplicar o número de transístores colocados numa determinada área, elevando os níveis de performance e capacidade dos processadores.



A Intel é a primeira a apresentar uma data para o lançamento de produtos fabricados através deste processo, o que segundo analistas lhe garante um avanço de cerca de meio ano face à concorrência.



A arquitectura de 64 bits é outro dos avanços recentes no fabrico de processadores que no próximo ano servirá de base aos chips desenvolvidos pela fabricante que aposta fortemente na vertente wireless.



Notícias Relacionadas:

2004-07-30 - Pentium 4 de 4GHz só chegará ao mercado em 2005 confirma a Intel

2004-01-15 - Intel atrasa comercialização do Pentium M

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.