Ao todo são 10 os portugueses a deslocarem-se até à Universidade Carnegie Mellon (CMU), nos Estados Unidos, para desenvolverem trabalhos de investigação na área das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC).

Selecionados para usufruir de bolsas atribuídas no âmbito da iniciativa “Visiting Faculty and Researchers Program” do Programa Carnegie Mellon Portugal, os investigadores poderão estar até quatro meses na CMU para colaborar em atividades de investigação e ensino com colegas da universidade.

Desde 2007, já 71 investigadores afiliados a instituições portuguesas usufruíram deste programa de mobilidade, desenvolvendo atividades muito diversas. Melhorias no processo de escrita científica e mudanças nos métodos de ensino, para um maior foco na aprendizagem e envolvimento dos alunos foram algumas delas.

Na edição deste ano vão participar investigadores da Universidade de Aveiro, Universidade de Coimbra, Universidade de Lisboa e da Universidade da Madeira que irão colaborar com seis departamentos na CMU.

A CMU é uma instituição privada de ensino e investigação, localizada na cidade de Pittsburgh, no estado da Pensilvânia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.