O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior revelou que o crescimento do investimento em Investigação & Desenvolvimento tem vindo a aumentar exponencialmente, numa tendência verificada desde 2016, num processo de convergência com a Europa. O investimento total em I&D de 2019 superou em 218 milhões de euros o valor registado em 2018, correspondendo a um aumento de 8%. É referido que este crescimento corresponde ao dobro relativamente ao PIB, que aumentou 4% entre 2018 e 2019.

O Ministério afirma que a despesa total em I&D alcançou um máximo histórico no país, sendo agora de 1,41% do PIB, num valor de 2.987 milhões de euros em 2019. Um valor superior aos 2.771 milhões de euros registados há uma década, em 2009.

É ainda referido que “o aumento é particularmente expressivo nas empresas, crescendo 10% em 2019 (144,4 milhões de euros) e 51% desde 2015 (quando era 1.037 milhões de euros)”, refere o comunicado. A despesa em I&D das empresas passa a representar 53% do total. Em comparação, as empresas contribuíram com 46% em 2015 e cerca de 44% em 2009. Isso significa que, pelo segundo ano consecutivo, as empresas superaram a despesa pública em I&D.

Relativamente ao Ensino Superior, foi igualmente registado um crescimento de 5%, correspondente a 56 milhões de euros em 2019. No total, este sector registou também um máximo histórico de 1.209 milhões de euros no total, correspondendo a 0,57% do PIB.

tek I&D

Este aumento da despesa privada em I&D, segundo o Ministério, “reflete o crescimento do emprego qualificado nas empresas, assim como o esforço do sector privado em acompanhar o desenvolvimento científico e a capacidade tecnológica instalada em Portugal”. Reflete ainda a prioridade política no mesmo objetivo e as estratégias avançadas pelo Governo.

O Ministério salienta o reforço dos recursos humanos em Ciência e Tecnologia, com um número crescente de investigadores na população ativa, igualmente com um registo máximo histórico de cerca de 10 por mil ativos em 2019. No total, foram registados 50.431 investigadores a tempo integral em 2019, um valor de mais 2.779 do que em 2018. O Ensino Superior tem 29.027 investigadores em ETI, enquanto que as empresas têm 19.283.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.