A Konica Minolta Business Solutions Portugal atingiu a barreira dos 10 mil equipamentos conectados com tecnologia M2M (machine to machine) em território nacional. O marco foi atingido em menos de quatro anos depois de a marca registar um crescimento médio anual de 20%. Em 2012 havia apenas 700 equipamentos ligados nesta condição.

A tecnologia M2M é cada vez mais utilizada no segmento empresarial para automatizar processos entre máquinas e uma das responsáveis pelo crescendo de comunicações entre equipamentos. De acordo com a Gartner, no final deste ano, já serão mais de 6,4 mil milhões conectados em todo o mundo.

No nosso país, a multinacional tem assegurada uma boa percentagem de serviços automatizados com os clientes. Diz João Lencart, gestor de serviços da Konica Minolta, que "atualmente 53% dos consumíveis enviados [pela empresa] são processados automaticamente sem a intervenção do próprio utilizador".

Na prática, com uma ligação ao centro de serviços da Konica, é possível garantir análises preventivas, respostas rápidas aos pedidos dos clientes, atualizações remotas e controlos de custos.

Segundo a empresa, a M2M é uma via para garantir eficiência e otimização de serviços com a recolha automatizada de informação dos vários equipamentos dos clientes.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.