A Apple anunciou ontem os resultados do seu quarto trimestre fiscal, com receitas de 28,7 mil milhões de dólares e um lucro líquido de 6,62 mil milhões, num crescimento de 54% face ao ano de 2011. Mas apesar das subidas registadas nas vendas das principais linhas de produtos e do aumento da margem bruta para 40,3%, a Apple não cumpriu as estimativas dos analistas, o que levou a quebras nas cotações da empresa que chegaram a 7% e dos futuros norte-americanos.

Os resultados são referentes ao quarto trimestre fiscal, terminado a 24 de Setembro, e ainda não abrangem a nova euforia de vendas com o iPhone 4S, mas mesmo assim as principais linhas de produtos da empresa registam aumentos de vendas.

Nos últimos três meses a empresa vendeu 17,07 milhões de iPhones, mais 21 por cento do que no trimestre homólogo, mas a previsão tinha apontado para 20 milhões de unidades, ficando aquém das expectativas. Os números podem estar relacionados com o abrandamento das vendas face à expetativa do lançamento de um novo modelo, o iPhone 5, que acabou por não se cumprir.

O crescimento de vendas dos iPad foi mais espetacular, situando-se nas 11,12 milhões de unidades vendidas, uma subida de 166 por cento , enquanto nos Macs as vendas foram de 4,89 milhões de unidades, mais 26 por cento face ao mesmo trimestre do ano passado. Só os iPods continuam a cair nas vendas, com uma quebra de 27% ara as 6,62 milhões de unidades.

Os resultados fazem com que as receitas do ano se fixem nos 108 mil milhões de dólares, e os lucros em 26 mil milhões. Olhando para o resto do ano, que corresponde já ao primeiro trimestre fiscal de 2012 da Apple, as expetativas do CFO Peter Oppenheimer são positivas e correspondem a receitas de 37 mil milhões de dólares.

Tim Cook, o novo CEO da Apple, afirmou que espera que o iPhone 4S continue a bater recordes de vendas nas próximas semanas, depois de nos primeiros dias de comercialização ter ultrapassado as 4 milhões de unidades vendidas.

Entre as informações avançadas aos jornalistas e analistas na conferência de resultados a Apple fez saber que a China já se tornou o seu segundo maior mercado de vendas.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.