A Zon Multimédia registou lucros de 10,3 milhões de euros nos primeiros três meses de 2012, valor que representa um aumento de 1,7% face a igual período do ano passado.



As receitas de 214,2 milhões de euros foram muito idênticas às registadas entre janeiro e março de 2011 (214,1 milhões de euros).



O lucro antes de impostos, amortizações e depreciações (EBITDA) também registou uma variação positiva, igualmente muito ligeira - 0,2% para 79,7 milhões de euros.



Os resultados financeiros acabaram por surpreender os analistas consultados pela Reuters que esperavam valores mais baixos, apontando nomeadamente para uma descida de 7% dos lucros.



O controlo de custos e a geração de cash flow acabou por compensar a quebra do consumo causada pela recessão em Portugal, refere a empresa num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).



Nos três primeiros meses de 2012, a Zon viu crescer o número total de clientes dos seus serviços em 65,8 mil, para os 3,38 milhões. O valor fez com este trimestre seja o melhor desde 2010.



Por segmentos, o número de clientes de cabo aumentou 26,2 mil neste período, para os 1,587 milhões, enquanto a Internet de Banda Larga, registou uma subida de 6,2% para 748,6 mil clientes.



Mais de 53% dos clientes de banda larga têm serviços com velocidades superiores a 20 Mbps, e cerca de 33% com velocidades iguais ou superiores a 30 Mbps.



Os resultados da Zon foram divulgados ontem ao final do dia, quando o início foi marcado pela notícia de que Isabel dos Santos, filha do presidente angolano, é agora a maior acionista da operadora, com uma participação correspondente a 15% do capital da empresa, divulgaram as empresas.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.