Nos próximos anos, a expectativa é de que o mercado de software continue a crescer na península ibérica. Um novo estudo do grupo Primavera indica que esse crescimento será de 33%, a cinco anos, para se atingir um valor de 1,1 mil milhões de euros em 2026.

Segundo as mesmas contas, este mercado vale hoje 825 milhões de euros, entre software na nuvem e on-premise, ainda com uma forte presença deste último. Nos próximos cinco anos o mercado gerará mais 50 milhões de euros em receitas em Portugal e mais 250 milhões em Espanha.

A pesquisa assenta os cálculos no facto de Portugal e Espanha estarem significativamente abaixo da média europeia na adoção de cloud. Em 2019, a taxa de adoção destas tecnologias em Portugal rondaria os 45% e em Espanha os 55%, quando, em média, na Europa já alcançava os 75%.

O relatório “Software de gestão cloud: uma oportunidade para o setor empresarial” conta também com respostas de empresários dos dois lados da fronteira, de 165 mil empresas clientes do grupo, para concluir que as empresas estão cientes das vantagens das soluções cloud.

Entre os inquiridos, 46% admitem que os serviços cloud permitem poupar recursos e 36% referem que reduzem os custos operacionais; 39% sabem que são mais fáceis de atualizar e 32% acreditam que facilitam modelos de trabalho à distância.

“A par da atual dinâmica de adoção de tecnologia e das necessidades digitais oriundas dos requisitos regulamentares fiscais e laborais, espera-se que a adoção de soluções de gestão empresarial baseadas na nuvem continue a registar taxas de crescimento anual de dois dígitos como ocorreu nos últimos 4 anos”, defende Santiago Solanas, CEO do grupo Primavera.

“Queremos ser a plataforma líder de software de gestão em cloud para Portugal, Espanha e países de influência”
“Queremos ser a plataforma líder de software de gestão em cloud para Portugal, Espanha e países de influência”
Ver artigo

Os dados apurados no estudo revelam que esse crescimento terá sido de 21% para Portugal e 17% para Espanha, valores que não devem ser alheios às decisões do fundo Oakley Capital, braço financeiro do projeto, e que fomentam as aspirações que o grupo Primavera tem vindo a partilhar. Em entrevista ao SAPO TeK, o responsável do projeto admitiu que a estratégia passa por afirmar o grupo como a “plataforma líder de software de gestão em cloud para Portugal, Espanha e países de influência”.

O grupo Primavera tem realizado várias compras em Portugal, das quais se destacam a aquisição da Primavera BSS e da Eticatada, e tem feito o mesmo em Espanha. Conta neste momento com um portefólio de 13 empresas e assume a intenção de continuar a comprar para complementar o portefólio. Apresenta o estudo no mesmo dia em que lança uma nova identidade visual, que vai ser aplicada a todas as empresas que já integra.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.