Tal como o TeK já tinha antecipado, foi hoje assinado o novo protocolo entre a Microsoft e o Ministério da Educação que renova o acordo de colaboração Partners in Learning. Este acordo vai ter a duração de mais cinco anos e envolve um investimento de mais 1 milhão de euros da gigante de software, número que já tinha sido avançado em Janeiro no Government Leaders Forum - Europe.

O programa Partners in Learning (Parceiros na Educação) pretende apoiar as escolas, professores e alunos dos ensinos Básico e Secundário, no acesso e utilização das Tecnologias de Informação no ensino e na aprendizagem.

Esta acordo estava já previsto no Memorando de Entendimento 2.0, assinado entre a Microsoft e o Governo em Outubro do ano passado, aquando da visita de Steve Ballmer a Portugal.

Para os próximos cinco anos estão já previstas uma série de acções, que são uma continuação das já existentes e que passam pela formação e certificação dos professores, participação dos professores e escolas nos concursos internacionais de inovação da Microsoft para Professores Inovadores e Escolas Inovadoras.

Como novidade neste protocolo fica o compromisso da Microsoft em implementar pelo menos 50 Microsoft IT Academies em Escolas Secundárias de todo o país, dando continuidade a este projecto do Plano Tecnológico da Educação.

No apoio ao Programa e-Escolinha a Microsoft vai ainda criar "uma oferta articulada de conteúdos, serviços, tecnologia e suporte, para os professores, pais, alunos e as escolas abrangidas pelo Programa"

Desde o lançamento do projecto, em 2004, já foram envolvidos mais de 35 mil professores e mais de 600 mil alunos do ensino básico e secundário. O Partners in Learning tem três eixos fundamentais - Professores Inovadores, Alunos Inovadores e Escolas Inovadoras - e neste âmbito a Microsoft Portugal participou em projectos como o lançamento da disciplina TIC e a criação de 1800 salas TIC, em cerca de 1200 escolas de todo o país.

Magalhães com metodologia em Oeiras
A par do acordo com o Ministério da Educação foi ainda celebrado ou protocolo com a Câmara Municipal de Oeiras para promover Iniciativa Magalhães nas escolas do Concelho.

Este acordo pretende dinamizar a criação de metodologias e boas práticas na implementação da Iniciativa Magalhães na rede de escolas do 1º ciclo do ensino básico do município.

Para além da formação para alunos e professores, estão previstas acções de formação para os pais e encarregados de educação, nomeadamente nas áreas da literacia digital e segurança na Internet.

A Microsoft compromete-se ainda a criar recursos pedagógicos para os professores, apoiando a utilização do portátil Magalhães na sala de aula. Entre eles estão previstos os planos de aula, assim como o Currículo Microsoft Literacia Digital e o Currículo Segurança na Internet.

O acordo com esta autarquia é o mais extensivo até agora assinado pela empresa no âmbito da iniciativa Magalhães e muitos dos pontos fazem parte das definições previstas pelo Plano Tecnológico da Educação para este projecto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.