A guerra entre a Apple e a Epic Games está a ter contornos cada vez mais graves e com danos colaterais caso a marca da maçã mantenha a sua posição de impedir a editora de Fortnite de continuar a aceder ao seu SDK. Em causa está o motor Unreal, uma das principais ferramentas atuais na produção de videojogos mobile. Ao impedir que a Epic Games atualize o seu motor Unreal, o mesmo acontecerá com todos os developers que utilizem a ferramenta nos seus títulos. A Epic Games já tinha deixado o aviso público do que iria acontecer se a Apple mantivesse a sua posição, e agora a Microsoft vem dar-lhe razão.

Numa mensagem na sua conta do Twitter, Phil Spencer, o patrão da Xbox, partilhou a posição da Microsoft em relação a esta guerra. A declaração, escrita por Kevin Gammill, diretor geral da Gaming Developer Experiences da Microsoft, vem pedir à empresa de Tim Cook que mantenha o acesso da Epic Games ao Apple SDK para o Unreal Engine e as mais recentes tecnologias, sendo “a coisa certa para developers de jogos e os próprios gamers”.

Na sua carta, Kevin Gammill refere que o seu papel é supervisionar o suporte da Microsoft para criadores de videojogos, ao nível designers, produtores, engenheiros de áudio, e outras funções dentro do ecossistema Xbox. Ao longo da sua experiência de 30 anos na indústria como engenheiro, 20 dos quais na Microsoft, salienta que o motor Unreal da Epic Games é uma tecnologia crítica para inúmeros criadores de videojogos, incluindo a Microsoft.

Salienta a importância do motor, que oferece aos criadores tudo o que necessitam para criar os seus projetos, desde os gráficos, ao sistema de rendering, físicas, som, infraestrutura de rede e outras tecnologias que permitem produzir jogos para correr em múltiplas plataformas. Por isso, salienta que sendo o motor Unreal dos mais populares disponíveis, e na perspetiva da Microsoft existem muito poucas alternativas ao mesmo, com o seu nível e qualidade de ferramentas, incluindo na produção de iOS, pede à Apple que reconsidere a sua posição.

Dá mesmo o exemplo de jogos do seu catálogo que estão neste limbo, ao manter-se a crise, como Forza Street disponível em iOS, suportado pelo Unreal. A gigante tecnológica destaca que obrigar as produtoras a construir os seus jogos em diferentes motores, nomeadamente um diferente para iOS é proibitivo em termos de custos para a maioria dos developers. E mesmo no seu caso, teria de ser colocada a opção entre abandonar os seus clientes e potenciais novos utilizadores nas plataformas iOS e macOS, ou escolher um novo motor que suporte os seus jogos para os equipamentos da Apple.

Epic Games “agitou as águas”: Há mais empresas a querer renegociar com a Apple melhores condições da App Store
Epic Games “agitou as águas”: Há mais empresas a querer renegociar com a Apple melhores condições da App Store
Ver artigo

E essa desvantagem poderá ser preponderante tanto para a Microsoft, “e certamente para outras produtoras” na altura de escolher a tecnologia para os seus jogos. E no caso de muitos projetos em andamento ou a finalizar a sua produção, descontinuar de repente o suporte ao motor, vai causar grandes transtornos e custos às respetivas empresas. E neste caso, mais uma vez terão de optar entre cancelar o projeto e mudar de motor ou simplesmente descontinuar a produção dos jogos que estavam direcionados a iOS.

Por fim, salienta que esta posição da Apple poderá mesmo bifurcar a base de utilizadores, considerando que os jogadores de iOS e macOS deixam de poder jogar e comunicar com amigos e família que estejam em outras plataformas.

De salientar que a Digital Content Next, uma organização que representa jornais americanos como o New York Times, o Washington Post, o Wall Street Journal e muitas outras publicações enviou uma carta a Tim Cook a pedir melhores condições e a querer renegociar as comissões que a empresa recebe pelas vendas dos conteúdos. Nas condições atuais da partilha de royalties, no primeiro ano são cobrados 30% das receitas das subscrições feitas para o acesso às publicações. No caso de o leitor continuar ligado ao serviço passado um ano, essa divisão cai para 15%.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.