Num investimento conjunto de 10 mil milhões de yen (84,6 milhões de euros), a NEC e a Toshiba vão desenvolver em conjunto chips de memória MRAM - Magnetic Random Access Memory. Estes permitem uma redução substancial no consumo de energia e por isso tornam-se mais adequados à utilização em computadores portáteis, PDAs e telemóveis, avançou o jornal Nihon Keizai Shimbun.




As duas empresas já terão criado um grupo de trabalho com 20 engenheiros de cada uma das empresas para trabalhar neste projecto. O objectivo é, segundo o jornal, estabelecer uma linha de produção em Sagamihara, perto de Tóquio, ainda este ano.




O mercado de MRAM poderá atingir os 8,3 mil milhões de dólares (cerca de 8,3 mil milhões de euros) até ao final de 2007 e este acordo representa uma resposta a rivais que também estão a desenvolver esta tecnologia, nomeadamente a Motorola, IBM e Infineon.

Notícias Relacionadas:

2001-02-09 - Motorola revela memória MRAM de 256 KB

2000-04-27 - Portugueses investigam memórias

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.