A Nokia actualizou hoje em baixo as suas expectativas em relação aos resultados financeiros do segundo trimestre de 2002, tendo por base os acontecimentos ocorridos em Abril e Maio na indústria das comunicações sem fios.



As novas previsões da empresa apontam agora para uma redução das vendas líquidas entre dois a seis por cento nesse mesmo período, representando um valor situado entre 6,9 e 7,2 biliões de euros, em comparação com o crescimento em termos anuais anteriormente esperado entre dois e sete por cento



Em relação à divisão de telemóveis da companhia finlandesa, prevê-se que durante o segundo semestre as vendas anuais cresçam entre zero e quatro por cento, em vez da estimativa anteriormente divulgada que indicava uma subida entre os cinco e os 10 por cento.



No que se refere à unidade de redes da Nokia, espera-se que as vendas diminuem entre 20 a 25 por cento, comparando com estimativas iniciais que demonstravam um decréscimo de 5 a 10 por cento durante o ano.



A empresa prevê que os ganhos diluídos por acção pro forma se enquandrem dentro da barreira indicada anteriormente entre os 18 e os 20 cêntimos de euro, comparando com os 17 cêntimos registados há um ano.



No sector dos telemóveis, a Nokia espera que a sua quota de mercado para o segundo trimestre aumento, quer em termos sequenciais como anuais, para 38 por cento durante este trimestre, ascendendo o crescimento em volume e em termos anuais da companhia a mais de 10 por cento. A empresa prevê também que o volume total das vendas do mercado mundial de telefones celulares aumente em cerca de 5 por cento durante este mesmo período.



No segundo trimestre do ano, calcula-se que as margens operacionais pro forma da divisão de telemóveis da Nokia se situem acima dos 20 por cento, o que irá indicar a forte competitividade dos produtos da Nokia neste mercado. Espera-se também que as vendas da divisão de redes da companhia sejam inferiores ao valor inicialmente previsto, em grande parte devido a investimentos prudentes por parte das operadoras clientes da empresa.



Os resultados financeiros da Nokia para o segundo e terceiro trimestre de 2002 serão anunciados em 18 de Julho e 17 de Outubro, respectivamente. No dia 20 de Junho, a empresa irá realizar em Helsínquia uma conferência com vista a actualizar a sua estratégia para este ano.


Notícias Relacionadas:

2002-01-24 - Vendas da Nokia no quarto trimestre quebram 5 por cento

2001-11-27 - Nokia mostra-se optimista nas previsões para o próximo ano

2001-10-23 - Nokia com lucros trimestrais de 1,1 mil milhões de euros

2001-10-19 - Microsoft e Nokia apresentam quebras nos lucros

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.