Um estudo da In-Stat dá a conhecer que os serviços de alta velocidade prestados pelas operados por cabo tem contribuído para aumentar receitas e o número de lares em todo o mundo que detêm estas ligações, uma realidade justificada pela crescente procura de novos serviços e pelo desenvolvimento de cada vez mais ofertas de voz, vídeo e de dados. A consultora afirma que estes factores levam a que os operadores de televisão por cabo assumam posições de liderança face a outros prestadores de serviço de pay-TV e de telecomunicações.



Em vários pontos do mundo, a indústria por cabo trabalha no sentido de melhorar os serviços, uma condição importante quando se observa que, dos mais de mil milhões de lares com televisão em todo o mundo, cerca de 355 milhões têm ligação por cabo.



A In-Stat informa que o número total de casas com televisão por cabo continua a aumentar, embora não se verifique um crescimento acentuado, uma vez que, no final de 2005, existiam 349 milhões de casas com ligações deste tipo.



A China é o país com o maior número de residências com cable tv (106 milhões), seguida dos Estados Unidos, onde foram contabilizados 69 milhões lares com televisão por cabo.



Uma das maiores fontes de proveitos dos operadores são os serviços de Internet por cabo, que, em todo o mundo, totalizam receitas na ordem dos 26 mil milhões de dólares, mostram os números da consultora.

Notícias Relacionadas:

2006-09-15 - Ligações de banda larga através da rede eléctrica tendem a crescer 200% este ano

2006-08-29 - Banda larga angaria 58 mil novos utilizadores entre Abril e Junho

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.