A Elevation Partners, fundo privado liderado pelo vocalista da banda irlandesa U2, tornou-se o principal accionista Palm após adquirir 25 por cento do capital da fabricante de smartphones e PDAs por 241 milhões de euros.




Com a entrada do grupo de capital privado são esperadas algumas mudanças no seio da empresa. De acordo com a informação divulgada pelo grupo, Jon Rubinstein, antigo vice-presidente da Apple passará a ocupar o cargo de presidente executivo da Palm. Por sua vez, Fred Andreson, conselheiro da Elevation Partners e ex-director financeiro da empresa de Steve Jobs, integrará o conselho de administração da fabricante, para onde também entra Roger McNamee, sócio de Bono e fundador da Silver Lake Partners.




As operações, conduzidas pelo grupo Morgan Stanley, realizam-se mediante um aumento de capital da Palm, através do qual a Elevation adquire um pacote de novas acções preferenciais convertíveis em títulos ordinários a um preço de 11,5 dólares por acção.




Este movimento surge numa altura em que são lançados diversos rumores acerca da venda da Palm a outros fabricantes. A Motorola foi uma das empresas a demonstrar interesse, contudo, os maus resultados obtidos no primeiro trimestre determinaram o final de um possível investimento.




Com este negócio o grupo liderado por Bono junta a Palm ao leque de participações que já detém noutras empresas, nomeadamente na BioWare Pandemic Studios, no portal Move e na Forbes.




Notícias Relacionadas:

2007-05-31 - Palm avança com ultra portátil complementar ao smartphone

2007-04-11 - Palm planeia novo sistema operativo de base Linux para a linha de smartphones Treo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.