Portugal e Espanha, através do INL - Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia,  Itália, República Checa, Suécia, França, Noruega e Holanda decidiram criar o EuroNanoLab, uma iniciativa para estabelecer uma infra-estrutura de pesquisa de nanofabricação distribuída em grande escala. O objetivo é aumentar a qualidade, eficiência e relevância da investigação científica europeia na área da nanotecnologia.

Desenvolvimentos em Inteligência Artificial e Nanotecnologia garantem prémios Inovação PT
Desenvolvimentos em Inteligência Artificial e Nanotecnologia garantem prémios Inovação PT
Ver artigo

Dessa forma, o novo consórcio inclui um conjunto inicial de 26 salas limpas, ou seja, estruturas seladas, livres de poeiras, humidade ou variações de temperatura, condições necessárias para a fabricação de componentes com precisão nanométrica numa atmosfera controlada.

Distribuídas por várias instituições na Europa, estas salas vão permitir uma melhor coordenação formal e o desenvolvimento de uma estratégia comum entre os cerca de 70 centros académicos europeus de nanofabricação de grandes ou médias dimensões.

Esta iniciativa também vai dar apoio aos principais programas de investigação europeus, por exemplo, nas áreas do grafeno, do cérebro humano ou das tecnologias quânticas, bem como assegurar que cada um dos  vários centros beneficia dos resultados obtidos pelas restantes entidades através da partilha otimizada dos desenvolvimentos tecnológicos de cada um.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.