Portugal e Espanha vão criar uma rede ibérica de cidades inteligentes, um projeto que pretende fazer com que as localidades fiquem mais avançadas tecnologicamente e que possam estar em contacto com outras regiões na partilha de conhecimento e dos dados que vão sendo compilados.

O acordo vai ser assinado hoje, 13 de novembro, entre a Rede de Inovação Urbana (RENER) e a Rede Espanhola de Cidades Inteligentes (RECI). O projeto que é centrado na cooperação entre as cidades, pretende também aumentar a competitividade económica das regiões e desenvolver áreas específicas como a sustentabilidade ambiental, a cultura e os transportes públicos.

Segundo escreve a agência Lusa, além da partilha de informação as duas entidades que representam redes de smart cities vão participar conjuntamente em iniciativas que possam contribuir para o desenvolvimento das cidades inteligentes.

Um dos projetos do RENER e do RECI passa por conversar com as empresas para que estas criem soluções inovadoras que ajudem a superar alguns dos desafios que são encontrados no quotidiano urbano.

Do RENER fazem parte as cidades e vilas portuguesas de Almada, Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Cascais, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Guimarães, Leiria, Lisboa, Loures, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, Sintra, Torres Vedras, Viana do Castelo, Vila Nova de Gaia, Vila Real e Viseu.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.