Divulgado hoje no âmbito da conferência Portugal 2.0 Camp, o estudo Transparência nas Câmaras Municipais Portuguesas: informação divulgada nos sítios da Região Centro, revela que a informação disponibilizada pelas autarquias nas plataformas online é confusa e pouco útil para o cidadão.



Os resultados da análise levada a cabo por investigadores da faculdade de economia da Universidade Coimbra mostram que os sites da administração local apenas se preocupam em fazer uma "divulgação parcial da informação" e, quando o fazem, esta informação é "apresentada de forma integrada em documentos de grande dimensão, dificultando assim a sua identificação no sítio".



A análise também sublinha que a escassez de informação partilhada nas plataformas web "limita a capacidade dos cidadãos de avaliarem onde e de que forma foram aplicados os (seus) recursos colocados à disposição da sua CM". Da mesma forma, fica também limitada a possibilidade de "responsabilizar (politicamente) os agentes públicos envolvidos" e revela-se um mau aproveitamento dos programas que têm sido desenvolvidos para modernizar as autarquias, como o Cidades e regiões Digitais, exemplifica o documento.



O estudo sublinha ainda a aposta das autarquias na disponibilização de informação em formato imagem, considerando que esta opção também condiciona o processamento da informação por parte dos cidadãos.



Outra opção genericamente detectada e igualmente negativa para os utilizadores é o facto das autarquias não seguirem, em regra, uma lógica de disponibilização da informação que passam para a Internet organizada e em local próprio, o que também não facilita a consulta.



O estudo visou os sites de 100 câmaras municipais na região centro e teve como referencial os oito princípios de Open Government Data (propostos pelo Open Government Working Group) e o Portal dos Contratos Públicos (BASE), explica uma nota de imprensa.



Os principais alvos da análise foram itens relacionados com informação financeira, no que se refere ao tipo de informação prestada, forma como pode ser acedida e o formato em que é apresentada e disponibilizada.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.