Mais de cinco mil milhões e meio de euros foi quanto a Portugal Telecom registou de lucros no ano passado. O valor, que se apresenta como o mais alto alguma vez reportado por uma empresa nacional ficou a dever-se à venda, à Telefónica, da participação na Vivo.

A operadora nacional divulgou esta manhã os resultados financeiros relativos ao ano de 2010, num comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) onde, apesar do crescimento dos lucros do grupo para os 5,67 mil milhões de euros, quando um ano antes se situavam nos 684,7 milhões, apresenta quebras nas receitas da TMN e rede fixa.

As receitas do negócio móvel da operadora atingiram, até Dezembro, os 1,387 mil milhões de euros, menos 8,6 por cento que em 2009 (1,517 mil milhões de euros). Na rede fixa a quebra foi de apenas 1,09 por cento, para uma receita de 1,929 mil milhões em 2010, face aos 1,947 mil milhões um ano antes.

Apesar da quebra nas receitas do cômputo geral dos 12 meses do ano, a rede fixa registou um bom desempenho operacional no último trimestre, graças ao crescimento do número de clientes do serviço triple play do Meo. Este foi também o período em que, pela primeira vez nos últimos sete anos, a rede fixa ganhou mais clientes do que perdeu.

O número de clientes de Internet de banda larga aumentou 16,1 por cento, para mais de um milhão, e o de clientes de TV subiu 42,9 por cento, situando-se agora nos 830 mil acessos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.