Mais de quatro milhões de iPhone 4S foram vendidos durante os primeiros três dias em que o equipamento esteve disponível. O número, que é avançado hoje pela Apple, que afirma tratar-se de um novo recorde.

O valor atingindo entre sexta-feira e domingo é o mais elevado alguma vez registado no lançamento de um telefone e "mais do dobro" do alcançado pelo iPhone 4, durante o mesmo período de tempo (1,7 milhões de unidades), afirma a fabricante, em comunicado.

O desempenho vai ao encontro das estimativas avançadas pelos analistas durante a semana passada para o lançamento do equipamento, que começou a ser vendido esta sexta-feira, 14 de Outubro, nos primeiros 7 mercados: Estados Unidos, Austrália, Canadá, França, Alemanha, Japão e Reino Unido.

A maioria dos especialistas tinham previsto vendas entre os 2 e os 3 milhões de unidades, para o primeiro fim-de-semana de comercialização do novo iPhone. Houve mesmo quem subisse a fasquia para os 4 milhões de unidades, uma estimativa que acabou por se revelar exagerada.

A Apple classificou os valores registados como "um excelente início de comercialização", nas palavras de Philip Schiller, senior vice president of Worldwide Product Marketing, citado na nota aos meios.

A empresa anunciou ainda que cinco dias após o lançamento do iOS 5, a nova versão do sistema operativo móvel é usada por 25 milhões de clientes, com o serviço de alojamento e partilha de ficheiros na nuvem (iCloud) a contar com "mais de 20 milhões" de subscritores.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.