A SAP Ibéria facturou no ano fiscal de 2007 232 milhões de euros. O resultado, apurado entre Portugal e Espanha representa um crescimento de 10,5 por cento face ao ano anterior, sobretudo impulsionado pela venda de produtos, área com maior peso na facturação e também com maior crescimento.



A área de venda de produtos, que inclui licenças de software e manutenção, facturou no período em análise 185 milhões de euros na região, mais 11,6 por cento que em 2006. A área de serviços e consultoria cresceu 4 por cento para uma receita total de 39 milhões de euros.



Os lucros da unidade ibérica no período também cresceram. Avançaram 8,6 por cento para os 22,8 milhões de euros.
Em comunicado a empresa explica que durante o ano 2007 angariou 512 clientes, entre Portugal e Espanha, atribuindo a Portugal um total de 105 novos clientes.



Luís Carrasqueira, responsável para Portugal do segmento de PMEs, já tinha adiantado à imprensa que só neste segmento a empresa angariou em 2007 98 novos clientes, garantindo um crescimento de 27 por cento no volume de negócios, com a construção, serviços, indústria e retalho a ocuparem principal lugar de destaque.



Para 2008 a divisão ibérica da empresa alemã de software empresarial foca actividade na banca, retalho e sector público, áreas que antecipa de maior crescimento. As PMEs voltam também a ocupar lugar de destaque.



Notícias Relacionadas:

2008-04-15 - SAP angaria 98 PMEs em 2007 e cresce 27% no segmento

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.