A Comissão Europeia divulgou um estudo do Eurostat relativo ao primeiro trimestre de 2004 onde se revela que, na maioria dos países da União Europeia, os serviços públicos online para as empresas estão mais desenvolvidos do que os dirigidos aos cidadãos. O estudo revela ainda que não existe nenhum país na comunidade europeia que não tenha um "website relevante" ou que não forneça pelo menos serviços que permitem a interacção unilateral.

O estudo do Eurostat analisa os serviços públicos online disponíveis individualmente às empresas e aos cidadãos nos países da UE, traçando o grau de sofisticação implícita.

Na maior parte dos países da Europa dos 25, o grau de sofisticação dos serviços públicos online disponíveis para as empresas é superior ao fornecido aos utilizadores individuais. O Chipre, Letónia, Eslovénia e o Reino Unido apresentam um cenário diferente, onde os serviços online disponíveis para os cidadãos são mais avançados do que os dirigidos às empresas.

Dos 25 Estados-Membros, 15 países alcançaram em 2004 um nível de sofisticação que permite a disponibilização de serviços interactivos às empresas. Na liderança do ranking de serviços completos online estão a Dinamarca e Estónia, seguidos da Espanha e da Suécia.

Portugal encontra-se entre os países que disponibilizam mais serviços públicos online completos às empresas com 80 por cento de sofisticação, do que aos utilizadores individuais, onde só foram considerados 60 por cento. Os cidadãos portugueses recorrem mais aos serviços de transacções, como o download de formulários na Internet.

A Irlanda, Áustria, Finlândia, Suécia e o Reino Unido são os países que se destacam na disponibilização de serviços públicos completos online quer às empresas, quer aos cidadãos, representando em cada país cerca de 75 por cento no grau de sofisticação dos serviços de eGov.

Recorde-se que um estudo encomendado pela Comissão Europeia à consultora Capgemini e realizado em Outubro do ano passado concluiu que 90 por cento dos organismos públicos que prestam serviços básicos ao cidadão têm já uma presença online.

Notícias Relacionadas:
2005-10-17 - CE normaliza acesso a informação de contratação pública em formato electrónico na União Europeia

2005-03-08 - Quase metade dos serviços públicos europeus estão totalmente online

2005-02-18 - Utilização de Serviços públicos electrónicos aumenta junto de empresas e particulares

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.