Depois de ter já sido dado como morto, ou quase, em vários rumores através da Net que levaram a perdas das acções da Apple, Steve Jobs publica hoje uma carta à comunidade Apple onde explica as suas razões para não fazer o habitual discurso de abertura da MacWorld.

Respondendo aos rumores que têm surgido, Steve Jobs explica na carta que nos últimos meses tem perdido peso de forma misteriosa e que finalmente foi descoberta nas últimas semana a causa deste problema, um desequilíbrio hormonal que está a roubar as proteínas necessárias.

O tratamento para resolver o problema já começou e parece ser "relativamente simples", sendo a expectativa dos médicos de que no final da Primavera o CEO da Apple já tenha recuperado o peso e massa corporal.

Setev Jobs garante porém que vai continuar a ser chefe executivo da Apple durante a sua recuperação, um cargo do qual não tenciona abdicar a menos que a isso seja obrigado. "Dei mais do que o meu tudo à Apple nos últimos onze anos. Eu serei o primeiro a avançar e a dizer ao Conselho de Administração se não conseguir continuar a cumprir os meus deveres como CEO da Apple. Espero que a comunidade Apple continue a suportar-me na minha recuperação e que saiba que continuarei sempre a colocar os interesse da Apple em primeiro lugar", adianta o mesmo documento.

Recorde-se que em 2004 se tornou conhecido que Steve Jobs tinha um cancro raro no pâncreas, diagnosticado em Outubro de 2003, uma notícia que foi escondida do público durante cerca de 10 meses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.