Segundo dados de um novo estudo da Strategy
Analytics
os actuais preços das tarifas de serviços GPRS têm sido um travão ao crescimento da procura dos mais recentes serviços móveis de comunicação de dados. No mesmo relatório conclui-se ainda que medidas como a introdução de sistemas de pagamento baseado no tráfego têm sido o motor do desenvolvimento deste mercado.



Na opinião de Philip Taylor, analista sénior da Strategy Analytics, em declarações reproduzidas pelo mesmo relatório disponível no site oficial da firma, "em comparação com o ano anterior a disponibilidade de modelos de pagamento baseado no tráfego está muito mais disseminada. Os esquemas menos dispendiosos, contudo, são aqueles que fazem os seus preços baixos depender de subscrições a planos de preços mid e high-end de serviços de voz".



David Kerr, vice-presidente da empresa, acrescenta, no mesmo documento, que
"embora o lançamento em 2002 das versões licenciadas do i-mode da NTT DoComo pela KPN Mobile tenha servido de catalizador do mercado (..) o pagamento que se verifica nos preços do GPRS é mais frequentemente avaliado entre os 10 e 20 dólares por MB (Megabyte), ainda assim muito acima dos 5 dólares recomendados. Além disso, a tendência para a cobrança separada dos serviços e do transporte não é a ideal para os consumidores (...)”.


A Strategy Analytics recomenda que os operadores migrem o mais rapidamente possível para sistemas de pagamento baseados no valor que integrem cobrança de tráfego e serviços.



Notícias Relacionadas:

2003-06-26 - TMN reduz preços de GPRS em 60 por cento

2002-04-26 - GPRS
vai chegar a 40 milhões de europeus no final de 2003


2001-12-19 - KPN
Mobile vai lançar i-mode no início do segundo trimestre de 2002

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.