De forma a estarem aptas a enfrentar uma eventual crise de segurança que pode surgir em 12008, as empresas de Tecnologia, Media e Telecomunicações (TMT) devem reforçar os investimentos em segurança e privacidade, alerta um estudo da Deloitte.

A análise indica que nos últimos 12 meses a maioria das empresas conseguiu evitar uma importante crise de segurança e que 69 por cento dos inquiridos se afirma muito confiante ou extremamente confiante em relação à capacidade das empresas enfrentarem os desafios vindos do exterior. No entanto, apenas 56% se mostra confiante relativamente à abordagem a ameaças internas.




A consultora admite ainda que existe uma falha na estratégia das empresas de TMT relacionada com a segurança. A maior parte das empresas continua a encarar a segurança física e a segurança da informação como coisas distintas - o que significa que podem estar a deixar escapar algumas oportunidades importantes.

João Costa da Silva, Partner responsável pela área de TMT da Deloitte em Portugal, admite que há ainda muito a fazer nesta área e sublinha que "os esforços de segurança feitos hoje farão toda a diferença quando se vislumbrar a próxima ameaça à segurança".

Notícias Relacionadas:

2006-05-17 - TICs assumem maior impacto na vida quotidiana de cidadãos em todo o mundo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.