Embora estejam conscientes do risco que correm, aproximadamente um terço das empresas inquiridas recentemente para um estudo demonstra não estar adequadamente preparada para enfrentar uma situação de ciberataque às suas redes informáticas.



Conduzido em parceria pela Internet Security Alliance (ISAlliance), e o National Association of Manufacturers (NAM) and RedSiren Technologies o estudo pedia aos seus participantes que comparassem a atitude actual das suas empresas face às questões ligadas à segurança informática com o comportamento assumido antes dos ataques terroristas ao World Trade Center e ao Pentágono de há um ano atrás.



Trinta por cento dos inquiridos afirma que a sua empresa não tem planos adequados para lidar com tais questões, quando no ano passado 39 por cento responderiam da mesma forma.



Para 33 por cento a segurança informática não é uma prioridade da empresa visível ao nível do conselho de administração, e 39 por cento afirma que os planos de segurança não são regularmente comunicados e ou revistos por executivos de topo



Contudo, 88 por cento garante que a sua empresa actualmente reconhece que a segurança da informação é uma questão essencial para a sobrevivência do negócio, quando 82 por cento afirmaria tal antes do 11 de Setembro de 2001.



Quarenta e oito por cento dos inquiridos afirma que os ataques ao World Trade Center e ao Pentágono os deixaram mais preocupados com o ciberterrorismo e o seu possível impacto nas empresas, enquanto 49 por cento indicou que a situação vivida o ano passado não alterou minimamente a sua atitude.



O estudo foi realizado entre 12 e 23 de Agosto e dirigido a especialistas da área da segurança informática de todo o mundo.



Notícias Relacionadas:

2002-08-12 - OCDE actualiza princípios de segurança online

2001-09-19 - Empresas de software em crise após ataques terroristas

2001-09-17- Custos de atentados nas TIs ascende a mais de 15 mil milhões de dólares

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.