As receitas relacionadas com os negócios do grupo fora de Portugal assumiram uma relevância de 17% no total das vendas do ano. Os países onde a Vortal realizou mais negócios foram Espanha, Colômbia e República Checa compensando, por esta via, uma diminuição da atividade no mercado local.



Na Colômbia a empresa ganhou durante o ano passado um concurso para o fornecimento de tecnologia às 6.500 entidades públicas que compõem a administração local e central do país.
Ao longo do ano a nova plataforma Vortalnext centrou a aposta da empresa.



Por áreas, as empresas de serviços e indústria, onde a empresa portuguesa de plataformas B2B se posiciona com o VortalCorporate, estão entre as que assumiram um valor mais representativo no negócio da empresa. Este segmento registou um crescimento superior a 300%.



Ao longo do ano a plataforma da Vortal, usada por empresas em 39 países, suportou 4,4 mil milhões de euros em transações, mais 34% que no ano anterior.



Em 2013 os lucros da Vortal atingiram 1,7 milhões de euros, num crescimento de 83%. O EBITDA melhorou 20%.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.