De acordo com os últimos dados da Anacom, existiam no final de junho 2,8 milhões de subscritores de serviços em pacote, mais 2,2% que no mesmo trimestre do ano passado, o que fazia com que 69 em cada 100 famílias fossem clientes deste tipo de ofertas.



Neste universo de serviços, mais de metade dos clientes tiram partido de ofertas triple play (53% das famílias), mas entre abril e junho o crescimento do quadruple play, que junta aos serviços de voz fixa, Internet e televisão também a voz móvel, passou a ser a segunda opção com mais clientes, 17,1% do total.



Por empresas, a PT continua a dominar este mercado com uma quota de 44,4%, mas é a Vodafone o operador que tem registado maiores taxas de crescimento, tendo-se afirmado como o terceiro mais relevante, com uma quota de 8,6%. Pelo meio aparece a NOS, com 38,8% do mercado. No que se refere a receitas geradas, a operadora que consegue melhores resultados é a NOS, com 43,4%.



Nos primeiros seis meses do ano as receitas de serviços de telecomunicações em pacote totalizaram os 554 milhões de euros, num aumento de 9,9% face ao período homólogo. Entre os clientes double play a receita m´dia gerada é de 22,70 euros, no universo dos clientes com três ou mais serviços esse valor aumenta para 37,47 euros.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.