O presidente do Automóvel Clube de Portugal avançou hoje que aquela associação pretende lançar um operador móvel virtual ainda este ano. A informação foi fornecida à saída de um encontro com o presidente da Anacom, José Amado da Silva.



De acordo com o Jornal de Negócios, Carlos Barbosa foi dar conhecimento ao regulador da vontade do ACP para se afirmar como o primeiro operador móvel virtual do mercado português, de facto.



O responsável acrescenta que o ACP pretende criar um modelo de operação o mais autónomo possível do operador que lhe fornecer acesso à rede, nomeadamente ao nível do pricing, facturação e CRM. As negociações com os três operadores móveis terão início nos próximos dias.



Os planos do ACP vão no sentido de iniciar actividade com a venda de cartões SIM próprios, para numa fase posterior avançar também com a venda de equipamentos.



Recorde-se que a Anacom já prometeu para este ano uma decisão sobre a questão dos operadores móveis, inserida num mercado ainda em análise. Nas últimas afirmações públicas sobre o tema o regulador mostrou aliás alguma urgência na definição de medidas que permitam enquadrar o surgimento de MVNOs.



Notícias Relacionadas:

2007-03-07 - Anacom vê com preocupação ausência de MVNOs em Portugal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.