A Airbus está a trabalhar no sentido de substituir as caixas negras dos aviões, que armazenam os dados de voo, por um sistema de envio da informação por satélite.

Thomas Enders, presidente da Airbus, explicou numa entrevista ao jornal "Le Parisien", citada pela EFE, que no lugar das caixas-pretas a empresa coloca "a possibilidade de melhorar o sistema actual com outro método de recolha de dados".

"Os dados mais importantes podem, por exemplo, ser transmitidos em tempo real por satélite, como já acontece com as informações relativas à manutenção do avião", referiu o responsável.

Os aviões comerciais são obrigados a ter dois gravadores - um para os dados do voo e outro que grava as conversas entre os pilotos -, mas, para obter essas informações, é necessária a recuperação física das caixas.

Os aviões de última geração também transmitem informação via satélite durante o voo, de forma a que os mecânicos estejam preparados para prestar assistência aos mesmos logo que aterrem.

"Para melhorar a segurança do transporte aéreo no futuro, temos de assegurar que, no caso de um acidente, seja possível recuperar todos os dados do voo", considera Thomas Enders.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.