Chama-se Chime e é uma plataforma de videoconferência da AWS (Amazon Web Services), que pode ser usada no Windows, MacOS, iOS e Android e que pretende ir além da simples comunicação de vídeo, para lhe juntar mais um conjunto de ferramentas de gestão de reuniões online e promessas de qualidade acima da média.

A empresa assume que o lançamento pretende ajudar a dar resposta às queixas dos utilizadores relativamente à grande maioria das soluções de videoconferência hoje existentes no mercado. “Hoje é muito difícil encontrar pessoas que realmente gostem das tecnologias que têm de usar para fazer reuniões à distância”, defende Gene Farrell, vice-presidente de aplicações empresariais da AWS.

“A maior parte das aplicações ou serviços de videoconferência são difíceis de usar, o áudio e o vídeo são maus e requerem constantes trocas entre múltiplas ferramentas, para que seja possível fazer-se tudo o que se deseja”, acrescenta ainda o responsável, que também destaca o facto de serem caras.

No caso da Amazon, o novo serviço está disponível em versão gratuita, mas limitada a chamadas de vídeo e chat e para um máximo de dois utilizadores. Para utilizações em grupo e com mais ferramentas tem preços a partir de 2,5 dólares mensais por utilizador e até 15 dólares, segundo o Tech Crunch.

Nas versões mais completas, como é possível já ver no site oficial, inclui funcionalidades como a partilha de conteúdos e integração com o diretório da empresa, possibilidade de agendar e gravar reuniões, entre outras. A partir do site do Chime também é possível pedir uma subscrição gratuita da nova oferta durante um mês. No vídeo mostra-se como funciona.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.