A partir de hoje já pode visitar o Portal 5G, inaugurado pela Anacom onde é divulgado informação útil, atual e relevante sobre a quinta geração móvel, “que promete transformar o mundo digital tal como o conhecemos e com ele o mundo em que vivemos”, destaca o regulador no comunicado.

A iniciativa é mais uma das medidas que a Anacom tem desenvolvido no âmbito da implementação do 5G em Portugal, onde se inclui o leilão para atribuição das faixas relevantes para o 5G e os webinares recentemente efetuados com as autarquias sobre este tema.

O portal está aberto “à sociedade civil, às comunidades industriais, ao poder local e ao sistema científico e tecnológico. Numa estratégia de melhoria contínua e de inclusão das melhores práticas, o Portal 5G irá crescendo em termos de conteúdos e contributos para que se torne um espaço reconhecido e útil quanto aos avanços e experiências na quinta geração das comunicações móveis”.

A Anacom refere que o objetivo do Portal 5G é que todos, incluindo cidadãos, empresas, academia, municípios, entre outros, possam ter acesso à informação e conhecimento sobre o potencial do 5G, assim como a evolução da adoção da tecnologia no país.

“O 5G traz consigo toda uma nova realidade: será capaz de suportar mil vezes mais tráfego do que as redes atuais e a uma velocidade 10 a 20 vezes mais rápida do que o 4G. Também terá tempos de resposta muito curtos, permitindo novos patamares de desenvolvimento na indústria, possibilidade de monitorização médica remota, novas aplicações em matéria de segurança e saúde pública, novos avanços na realidade virtual, utilização de veículos autónomos, agricultura de precisão, cidades inteligentes, Internet das Coisas, entre outras potencialidades ainda por descobrir e desenvolver”, destaca o regulador as principais vantagens da nova rede.

O website quer funcionar como um diário onde são registados factos e dados sobre o 5G, “à medida que surjam nas áreas da ciência, da tecnologia e do mercado as soluções, as ofertas e as aplicações”. Promete ainda ser disponibilizado a informação sobre o leilão da atribuição das faixas de frequências. Também a atribuição dos direitos de utilização das frequências, assim como a instalação de redes no terreno, os serviços e a evolução da tecnologia.

O regulador pretende que o Portal 5G seja o ponto de informação factual sobre o assunto da quinta geração, numa altura em que surge desinformação e notícias enganosas relacionadas com o impacto do 5G no ambiente ou saúde. “São exemplo as teorias que atribuem a pandemia de COVID-19 ao 5G, é importante que todas as partes interessadas saibam que neste novo Portal encontrarão informação validada, atual e credível, produzida por organismos nacionais e internacionais de referência, e instituições públicas e privadas”.

A monitorização e acompanhamento da cobertura e adoção do 5G, baseia-se numa lógica de “Open Data” para garantir a transparência de todo o processo. Prevê-se que a funcionalidade de «Open Data» venha a estar disponível quando o 5G estiver definitivamente implementado em Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.